Níveis de Informação do Ser

# TEXTO 2:

Níveis de informação do ser

“MEDITATION is a WAY TO EXPAND YOUR AWARENESS”*

“Esperei no senhor, e Le ouviu meus brados!” Salmo x.

 

Incompreensível Presente :

http://www.youtube.com/watch?v=iAZYQbueJCs&feature=related

O CONSOLADOR (Trecho da música: Cristo, amigo,em cada um de nós. Sigo,sem ismos, ouço a Sua voz) :

http://www.youtube.com/watch?v=SH-cuafISeI&feature=related

 

* instintivo: que carregam urgência e uma subordinação ao exterior, seu desejo ou sua negação.  Atração e repulsa.

* racional: atribui aspectos próprios a realidade, definindo-a para não ter que conhecê-la mais a fundo; para fugir dela ao criar uma ilusão de controle, a partir de um mundo imaginário que toma para si certos aspectos que cria um eu acostumado a exercer somente determinadas tendências ou ver determinadas coisas. esta ilusão de ver/ de saber é válida, evolutiva mente falando, como todas as outras, mas, para ir além é necessário transcendê-la – não atribuir nada, nenhum saber representativo(isso seria medo e pressa, precipitação ilusória, desnecessária, que só pode ocorrer a partir de um mundo imaginário). Identificação e elaboração apegada (cerceamento da inteligência e da fluidez no aprendizado evolutivo). Raciocínios padronizados.

Total Vida: http://www.youtube.com/watch?v=0-kt9fzGDSk&feature=related

* emocional e mental: apego a expressão como meio de extravasar a energia vital para não ter que direcioná-la para estados superiores de energia, vibração e apercebimento ampliados. È uma forma de dispersar-se de sua meta principal de vida: a visão clara, a felicidade duradoura de não necessitar (não ter metas e conceitos que criem seguranças ilusórias, apegadas ao fazer e ao ter) e o desapego que criaria espaço para o verdadeiro eu e para o conhecimento pleno que, livre das referências entravadoras da fluidez e da a análise livre e criativa!

Há àqueles com facilidade para a questão mental, agarrando-se a ela para não ter que contatarem com seus pontos de emoção feridos;

Há aqueles que buscam o a emoção, a empolgação, a expressão, para fugir de uma aparente impotência de autocontrole; ou escolhem a manipulação da realidade, que na verdade é uma manipulação de si mesma para enquadrar o que lhe está fora.

Os com tendências mentais devem buscar maior contato com o mundo externo e suas emoções, procurando não se subordinar, mas, sim, expressar-se e dialogar com o mundo desapegadamente. Os com tendências emotivas, devem analisar-se e procurar aprofundar seu comportamento para formas mais claras, (para si e para os outros).

Existe a emoção superior, que, geralmente, é esse apego que temos à alegria, ao amor ou a qualquer tipo de contato espiritual positivo! A autobiografia de um yogue trata desse aspecto no capítulo da ressurreição de Sri yukteswar!

Também existe a mentalidade mais clara, que raciocina por imagens mais abrangentes, com um quê de completude e de bem estar emotivos (são mais sutis e fluidas). Respondem ao ser com características superiores, belas imagens e impressões de expansão…

* transracional: estado de ser onde o atributo não é maior que a soma das partes, o ser manda no ter e no fazer, em tudo aquilo que é manifestado. Há uma confiança plena no potencial divino, esta que cresce até estender a crença do eu a uma dimensão perceptiva que leva à visão do todo como unificado a si mesmo! Ocorre um júbilo, uma harmonização com tudo, sumindo os pontos de referencia e os modos de ser que encobriam a livre manifestação e a realidade das coisas.

É o campo da fé e da criatividade! Quando estamos aptos a observar e receber o divino sem tomar para “si” o aprendizado ao cristalizá-lo em saberes; escolhe-se cada vez mais aprender com o ser e sua fonte infinita de realidades, até fundir-se com o amado, chegando então ao início da consciência crística, onde a ciência humana, como a psicologia transpessoal ou a física quântica, ainda não podem adentrar satisfatoriamente!

Perda da ilusão do eu em nome da fruição e eterno autoconhecimento/aprendizado; Fé na realidade, em Deus (extinção progressiva do medo do novo e do apego ao saber/ao cristalizar).

“não caíras um fio de cabelo sem que meu pai não o saiba, não o queira” Jesus.

http://www.youtube.com/watch?v=R1mzL6SJG_Y&feature=related

Obs.: até o fim dos estados transpessoais, transracionais, ainda há  existência de todos os outros três tipos de saberes.

 

http://www.youtube.com/watch?v=ePpFIea6cE8

 

* consciência crística: é a união com o prana e a vibração energética da existência, permitindo um domínio completo da 4ª dimensão e um uso desapegado, livre, do corpo causal/mental, ocorrendo uma subordinação/manipulação completa da criação para oferecer a constatação de Deus àqueles que descrêem*³.

A Consciência passa a abranger todo o mundo imaterial, e o aparentemente material, dos seres: entende a criação como vibração e energia única – dixa de acreditar no relativo e intui constantemente o absoluto, “sendo” Nele e exercendo  Seu saber na abrangência de todo o corpo extenso de Deus.

O Cristo disse: corte uma madeira ou uma pedra, e eu estarei lá!

 

Jesus tratava à racionalidade humana, oferecendo conceitos/ meios para apartar o homem da dispersão/ da fuga de si mesmo: oferecer o julgo suave e o fardo leve****, que não pesa porque não subordina e não cria falta. “o senhor é meu pastor e nada me faltará”.

Acreditar em deus não é acreditar no seu atendimento a todas as nossas necessidades ilusórias, é saber crer que ele controla tudo e nos direciona – que isso basta para ser feliz!

se fosse para ir de atender aos nossos pedidos, não nos satisfaríamos – devemos repousar nele e em sua felicidade de ser; só Ele é teu pastor e seu guia, não te apegarás no medo/ negação da realidade: confiarás no futuro e esquecerás o passado julgador (assim, a realidade será toda sua, sem negação de nenhum aspecto e sem vícios de usos – não buscas mais a repetição, mas o inebriamento criativo com o seu pastor – o ser – e , por não ter pontos de referencias da inteligência racional, te contentas, pois não crê na falta: amas a criatividade e confias na vida)!

“quem quiser do a sua vida, perdê-la-á” – Jesus queria desenvolver a inteligência do homem para ir cada vez mais além daquilo que o que entrava fato, que x à sua fuga o que dispersões interpretativas/ julgadoras, condicionadas e tendenciosas; Queria nos libertar da ilusão!

O ego quer salvar-se a si mesmo da instrução e do mundo, ao tentar adquirir/guardar  suas falsas necessidades; entretanto, a consciência do homem só será feliz quando largar as máscaras de seus personalismos, bater de frente com seus bloqueios e seguir em frente sem identificar-se com eles; escolher à intuição que gera o insight e o aprendizado, buscando também não apegar-se aos insights. O que o faria retornar para o estágio do apego à crença exterior, à ostentação de um ego, um egoísmo, com realidade própria.

Serás chamado para ir além do eu, para que as “quedas” e “ascensões” não mais te abalem, criando um vácuo sem relatividades (sem pontos de referência) onde Deus pode se manifestar, expandindo as possibilidades, sendo cada vez mais criativo, cada vez menos “identificador”!

Lucius, Ronien e Pena Branca só no começo, novamente!

 

“              Tudo que tem interpretação está sujeito ao erro!

A sabedoria eterna que leva à perfeição é a atenção ao eu, que leva à percepção clara/direta do contexto, sem ter que defini-lo por moldes perceptivos, pautados em metas e formas de saber e que buscam definir padrões de ser e estar, subordinando tudo ao seu aspecto exterior;

Olhe para si e perceba a sua energia, busque seu conteúdo velado e não representativo, sinta, perceba – sem saber o que ocorre: logo te depararás com uma alegria por ti mesmo e um senso de harmonia, que possibilitarão o conhecimento e interação concreta, desapegada e responsável. Surge a caridade desinteressada, que se desapega dos usos e percebe tudo como harmonia e integração; não há preocupações nem aspectos a se privilegiar, tudo é guardado por Deus e pelo desejo de ver o outro brilhar e aprender livremente!

Não tens a necessidade de ajudar, mas a harmonia a compartilhar: ela que te chama espontaneamente e não você que busca a manifestação dela. O Ser é superior ao ter!”

Um Mestre de Lucius

Falta-nos tratar também da consciência cósmica. Citando as classificações de Yogananda quanto à natureza das compreensões humanas, e sua evolução.

Recomendamos ler:

http://www.ekadantayoga.com.br/yoga-e-liberdade.html

 

 

“Busque se entregar mais nas psicografias dentro de casa. Entre em Samadhi enquanto escreve (!) e serás guardado pela consciência Crística. Medite e ao sentir o impulso desapegue-se/esqueça de si, e sinta a união eos eflúvios satisfatórios do bem-estar espiritual; Não temas, pois assim impedirás interferências!

Deus Abençoe. “

‘                                              Lucius e Ronien Massaruken .

Recomendamos: Prem Baba, Encontro Com A Verdade. Satsang de 7/2/2009 (página 107).

Citar oração do pai nosso em aramaico.

Historia de yoganandaji:

http://www.youtube.com/watch?v=MDs_5uP7TOs&feature=related

 

 

 

Consciência Cósmica:

http://www.youtube.com/watch?v=1WFZLykOzQo&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=AP1-YsrcJDM&feature=related

*: retirado de: http://www.ramatalks.com/the-enlightenment-cycle.html?loc=in&ref=130-Meditation&kw=meditation

****: poemas misticos do oriente: carregaste teus trapos pra li e pra cá, sofrestes demais, agora fica AQUI!

*³: em verdade vos digo: se tivésseis fé inabalável, diríeis  a esta montanha: mova-se daqui para ali, e ela se moveria! Importante notar que ,dar a constatação de Deus, tendo em vista os ”niveis de informação do ser” é tambem dar um alento,uma racionalização, um sentimento – tudo aquilo que desperta para o ”algo mais” que internamente tanto se busca,e assim vai de encontro a questao cristica,do reconhecimento e interprenetação de Deus,o Deus Cósmico.

***:http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&list=PL50616A08299801AF&v=cCdx2FToOik

http://www.youtube.com/watch?v=n89h1okLfxw&feature=autoplay&list=PL50616A08299801AF&lf=results_main&playnext=13

http://www.youtube.com/watch?v=qS9zwmzpfzw&feature=related

#TEXTO 3:

APÓS IMAGEM: CITAR HUMBERTO ROHDEN, CAPTILULOS SOBRE OS CHAKARAS E SOBRE A KRIYA YOGA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s