Incentivo à kriya yoga!

Você ainda deve estar dirigindo para casa e eu aqui!

A respeito da Kriya Yoga, que eu tinha lhe falado, vai ter uma iniciação ao método, com duração de 3 dias: 20,21 e 22 Abril de 2012…

Eu acredito que vale a pena;

Reconheço, é claro, a validez da hatha yoga e os métodos que combinam todos as  “divisões” do Yoga;

Entretanto, como sempre afirmaram os grande yogues, desde Krishna, o que salva mesmo é a transcendência – não necessariamente da matéria mas daquele eu da mente, apelidado de ego pelos psicólogos, que tolhe as manifestações da criatividade do espírito!

É claro que é bastante abstrato tratar disto assim – afinal o que é o Self Espiritual?

Ninguém o sabe, alguns o sentem por horas ou breves momentos, outros durante décadas, como é o caso de entidades muito elevadas que vieram a Terra, como Sri Aurobindo e Yogananda!

É bom até pesquisar suas experiências com o êxtase; e quanto a isso há um livro: O DEUS SOCIAL, de um psicólogo transpessoal, que explica um pouco o que seria essa transracionalidade, que não mata a razão, mas a eleva a um patamar maior – é como no espiritismo, em que a meta é alcançar a sabedoria dos sentimentos (que são como estar “transportado par fora de si mesmo” e permite a “fusão dos seres”)!

Então é isso: a prática é boa não só pela firmeza, mental e emocional, bem como pela fé criada devido à experiências diretas com o divino inominável (a realidade silenciosa que de fato existe),que se dão com o tempo, mas também pelo grau de amor e de costumeiro despertar ante os condicionamentos ( que a mente costuma ter em nosso estágio de evolução), que é sentido de forma mais plena e presente, conforme vamos mudando!

Com um ,2 ou 3 anos de meditação, aquele órgão que interliga os 2 hemisférios do Cérebro fica muito maior do que o de uma pessoa comum, o que, segundo testes, indica aumento da capacidade do raciocínio, memória ,criatividade e saúde emocional! O fato é que a calmaria, o inebriamento e analise clara vão chegando sorrateiramente em nossas vidas conforme nos dedicamos ao método! (mais testes e explicações específicas no MEDITAÇÂO: CAMINHO PARA A REALIZAÇÂO DE SI MESMO, na 3 parte do texto..)

“As pessoas geralmente se contentam com o pouco – o pouco de si mesmas, em matéria de dedicação e amor, o pouco de si mesma no entendimento próprio e no compromisso de entender a sua felicidade, e o pouco de si mesmas em buscar vivenciar a vida com todas as forças do otimismo espiritual, que sabe da eternidade e não se presta a acomodação até que reconheça indubitavelmente esta luz, tantas vezes dita, desde os primórdios da civilização!”

“Não se contente, portanto, em seguir o mundo, e, complacentemente, as pessoas e seus padecimentos – você, cada um que lê esta mensagem, é diferente de ”todo mundo”; você, se padece é porque quer, se  erra é porque não aprendeu: então aprenda, sinta a vida pelo que ela é – fugindo das mascaras dos padecimentos irracionais da consciência , que só padecem, da fato, porque creem em pontos de referencias simbólicos e mesquinhos, fechados em si mesmos, na forma de como a vida deve ser, é ou será ; dificilmente reconhecendo que a vida está em aberto e é eternamente nova em sua contextura!”

“Ame o processo do viver , e não renuncie a ele por nada neste mundo,nada mesmos!”

“Jamais renuncie a este mundo: nunca pensando no que tens ou no que deixas de ter!”

“O que ocorre, quando sofres ou mesmo, de maneira mais profunda, quando não sentes uma felicidade perene: é que estais recortando máscaras, retratos, do processo da realidade, e vivendo a partir deles, ao invés de tê-los pelo que possuem de fato(quando os relativizamos a alma aprende a abrir-se aos conteúdos da realidade de forma mais constante, e é então que o amor e a paz vão se manifestando).”

“O grande principio de tudo isso é compreender o fator dessa inteligência que copia retratos e se orienta por eles para se sentir segura – e acha que só assim poderá viver no mundo;”

“Na realidade, o ser, eterno e, principalmente, de uma criatividade inata, tenta brotar nas almas, e estas, no campo evolutivo em que se encontram, frequentemente renunciam a ela (a criatividade), na forma de, mais visivelmente, depressão, tristeza, rancor ou algum outro tipo de reação exterior, ou , de forma mais sintética, na forma de pensamentos que fabricam a substancia da realidade ao invés de tê-la pelo que ela tem de cabal! isso è um profundo apego ao vivido, que vem do medo de morrer para o que hoje se é e para o que, na firmeza da consciência em não desapegar-se, ontem foi!”

“Se puderes ver a vida de uma nova perspectiva, jamais conseguirão imaginar porque perdiam tanto da vida, em suas inconsciências e condicionamentos mentais – vocês reagem ao mundo ao invés de agir nele!”

“Percebam a diferença…”

“A criatividade, o amor e o inebriamento pelo vivido é mil, de mil facetas, quando vem acompanhando deste fator transcendente, que acompanha a realidade da vida e do eu, ao invés de contextualizar ambos em mundos imaginários, com simbolismos que nem o próprio ser que os mantêm reconhece!”

“E é assim. Freud despertou um pouco a humanidade para esta faceta, Jung concluiu mais, adentrando nos mundos do intelecto e suas imagens, e, hoje, a avalanche de orientalismos ao ocidente tem trazido a “vividez”  de um método extremamente comprovável e certeiro, que nunca falha naquele que persisti, e ,principalmente, que não oferece nenhum risco e é mais fácil por ser realizado dentro do laboratório de si mesmo, devolvendo-nos a maestria por tudo o que nos constitui!”

“Então não percam a oportunidade, sejam felizes pelo que são e não pelo que pensam ser, e verão que a alegria e a felicidade perenes se tornarão constantes e verdadeiras dentro de suas próprias consciência –  analisarás o mundo sem os subterfúgios deturpadores das racionalizações e das recusas emotivas : poderás então sentir a felicidade e contentamento, da eterna criança, aprendiz inata, que um dia foi ferida, pelas experiências da matéria, e que hoje procura despertar de seus mal entendidos, de  suas razões irracionais, sem porquê, e conseguir resgatar seu potencial de amor e aprendizado –, deixando de melindrar-se pelo mundo que conheceu e que erroneamente vê,na sua vivencia, agora!”

“Façam isto, e prometo: serão não só felizes, mas criativos, sábios e amorosos. Nada lhes serás mascaras mas sim essência,verdade, contentamento direto com o mundo!”

“Dobre-se a este saber, que só te pede uma coisa: dobrar-se ao saber que vem naturalmente do seu ser, quando não te impedes de fruir criativamente em nome da falsa segurança do “mundo conhecido’’ que acreditas ver e que te impede de ressaltar à percepção as nuances do mundo em que verdadeiramente vives!”

“Busque isso, pois aí está a verdade de Deus!”

“Babaji’s kriya – método mor para o alcance da realidade espiritual da existência na Terra!”

“Jesus e seus discípulos o faziam; tanto que os primeiros cristãos, os padres do deserto, realizavam ‘rituais’’ para em silencio sentirem Deus em seus próprios âmagos – a história já o comprova, e hoje sabemos que não são só 4 evangelhos,mas cerca de trinta, e muitos deles, inclusive os presentes na bíblia, exaltam nossa atenção para esta realidade, em que a meditação é fator preponderante para a felicidade e para a espiritualidade; ambas realmente possíveis para a humanidade – nunca acredite no contrário, nem busque tão intensamente esta “verdade’’, que, de fato, só se tornará verdade pela experiência direta: por isso a Kryia Yoga, para transportar-nos do falso para para o verdadeiro, para fazer-nos curvar ante os pés do infinito, ao abrir os olhos da mente para analisar onde de fato estamos!”

M de Lu.

Querendo saber mais: leia o livro “AUTOBIIOGRAFIA DE UM YOGUE” (livro extremamente prático e dinâmico), também disponível online.

Às vezes se cria uma impressão dinâmica dizendo algo, e às vezes se cria uma impressão tão significativa, permanecendo em silêncio.

Dalai Lama

Recomendo duas palestras espíritas relacionadas ao assunto:

1-Transição planetária na visão

quântica

2 – A Árvore da Vida – Palestra de Alfredo Nahas

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=r4w7S3z3qNU

MÙSCIA VOA MINHA LIBERDADE.:

Recomendo :livro de Alexandre Campelo: o  cristianismo original e a unidade das cinco grandes religiões.

——————————————————————————————-

“O ser humano tem medo da luz!

Mas ele deve renunciar ao medo para que a luz se faça novamente e ele possa ir se regozijando pelos aprendizados e as energias do infinito cósmico!”

Chandra LaCombe – imcompreensivel presente:

Aprendizado do medo ao confiar!

———————————————————————

http://dharmalog.com/2012/04/09/a-conexao-entre-falta-de-atencao-e-sindromes-como-disturbios-de-alimentacao-depressao-abusos-e-ansiedade-ted-talk-video/?utm_source=Dharmalog+List&utm_campaign=408cbf1bfc-RSS_EMAIL_CAMPAIGN&utm_medium=email

http://www.forumespirita.net/fe/amizade/estudando-e-comentando-sai-baba-a-mais-lucido-paranormal-do-planeta/

http://espiritismopazeluz.blogspot.com.br/2011/04/sai-baba-e-divaldo-pereira-franco.html

http://www.casadoconsolador.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=81:aprendendo-a-viverde-cabeca-para-baixo-monica-160306&catid=41:tema-da-semana

http://www.nossoespaco.ipt.com.pt/central/ene/x8yv246w.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s